Norma Jeane Mortenson nasceu no dia primeiro de Junho de 1926, e morreu na madrugada do dia 5 de agosto de 1962. A autópsia encontrou oito miligramas por cem de hidrato de cloral e 4.5 miligramas por cem de Nembutal em seu organismo. A conclusão foi overdose de barbitúricos resultada de “provável suicídio”. Ninguém nunca acreditou. Em 8 de Agosto ela foi sepultada no Westwood Village Memorial Park em Los Angeles, na mesma cidade onde nascera. Seu segundo ex-marido Joe DiMaggio pagou o funeral e cuidou de toda a cerimônia. Marilyn foi maquiada por Snyder pela última vez, assim como ele prometeu anos antes, se por acaso ela morresse antes dele. Ela vestia seu vestido favorite de Emilio Pucci, verde, e segurava nas mãos um buquê de flores rosas. DiMaggio não permitiu a presença de ninguém do meio artístico, gente que segundo ele fora a responsável pela morte dela. Na cerimônia estavam apenas pessoas muito próximas a ela, seu psiquiatra, o doutor Ralph Greenson, e a meia-irmã Berniece Baker Miracle (ainda viva). Pelos próximos vinte anos ele mandou depositar rosas vermelhas todos os dias ao lado da cripta de Marilyn. Contam que quando ele estava prestes a morrer, teria dito “finalmente vou rever Marilyn”.

Posted Há 2 anos with 3 notas
  1. welcome-to-your-hell publicou isto
©